11 maio 2021

Governo tomará “medidas excepcionais” para garantir a segurança energética em 2021

Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico tem se reunido regularmente para definir estratégias

Fonte.: CANALENERGIA / ROBSON RODRIGUES DE SÃO PAULO

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que o Brasil tem condições de garantir a segurança energética, apesar da grave crise hídrica que o país passa por falta de chuvas na região das hidrelétricas, mas que isso “vai exigir medidas excepcionais”.

Apesar da crise ser a pior dos últimos 91 anos, o almirante garantiu a segurança energética do Brasil e disse que o país não corre riscos de racionamento de energia em 2021. Segundo ele, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico tem se reunido regularmente a fim de manter o acompanhamento da situação.

“Isso tem levado a adoção de medidas excepcionais a fim de garantir a segurança e continuidade do suprimento”, disse o ministro. Entre as medidas, está o acionamento de um número maior de usinas termelétricas.

“Eu já adianto, vai exigir bastante atenção por parte de todos os agentes públicos”, disse em audiência da Comissão de Minas e Energia (CME) da Câmara dos Deputados. Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os reservatórios de hidrelétricas respondem por mais de 61% da energia elétrica consumida no país.

 

Scroll Up