17 dez 2020

CGT Eletrosul capta R$ 300 mi para investir em ativos de transmissão

Fonte.: CanalEnergia

São projetos de reforço e melhoria de instalações em subestações e linhas em todos os três estados da Região Sul

A Eletrobras anunciou o encerramento da oferta pública de debêntures emitidas pela CGT Eletrosul. De acordo com o comunicado da empresa publicado na noite de terça-feira, 15 de dezembro, foram subscritas e integralizadas 300 mil debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única, com valor nominal

unitário de R$ 1 mil, perfazendo o montante total de R$ 300 milhões.

A finalidade desses recursos é a de aplicar em diversos projetos prioritários, conforme aprovados pelo Ministério de Minas e Energia, nos termos da Portaria nº 389, de 27 de outubro de 2020. Todos os empreendimentos são de transmissão de energia e envolvem reforços de instalações tanto em subestações quanto em linhas em todos os três estados da Região Sul do país.

O prazo de vencimento das debêntures será de oito anos contados a partir da data de emissão. A remuneração desses títulos sob o valor Nominal Unitário Atualizado terá juros remuneratórios correspondentes a 3,75% ao ano, base 252 dias úteis, atualizado pela variação do IPCA, o índice de inflação oficial do país.

Scroll Up