22 mar 2021

Eletrobras tem lucro líquido de R$ 1,269 bilhão no 4º trimestre

Fonte.: Jornal do Comércio

A Eletrobras registrou um lucro líquido de R$ 1,269 bilhão no quarto trimestre de 2020, queda de 44% na comparação com os R$ 2,273bilhões apurados no mesmo intervalo de 2019, conforme valores reapresentados pela companhia seguindo orientação dos órgãos reguladores. De acordo com a estatal de energia, os resultados do trimestre foram favorecidos, principalmente, pelo crescimento das receitas de transmissão, no valor de R$ 1,427 bilhão.

A Eletrobras também destacou o impacto do impairment (redução do valor recuperável de ativos) realizado na usina gaúcha Candiota 3, no valor de R$ 611 milhões, dado o prazo previsto para encerramento do contrato por disponibilidade. A termelétrica a carvão, administrada pela subsidiária do grupo, a CGT Eletrosul, possui acordos de venda

de energia que se encerram em 31 de dezembro de 2024.

O Ebitda da Eletrobras (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou

negativo em R$ 299 milhões no quarto trimestre, ante os R$ 3,239 bilhões reportados mesmo período de 2019. A margem Ebitda caiu de 42% para -3% em um ano. Já o Ebitda recorrente da estatal – que exclui os ajustes feitos na receita da usina de Candiota, bem como custos extraordinários com planos de aposentadoria extraordinária (PAE) e demissão consensual (PDC), despesas com investigação independente, provisões e despesas ou receitas relacionadas a acordos judiciais, entre outros itens – somou R$ 4,575 bilhões, alta de 46% frente o quarto trimestre do ano anterior, com margem de 50%, 10 pontos porcentuais mais elevada.

A receita operacional líquida somou R$ 9,013 bilhões entre os meses de outubro e dezembro, acima dos R$ 7,706 bilhões nos mesmos meses do ano anterior, alta de 17%,

influenciada principalmente pela receita de transmissão impulsionada pela revisão tarifária. O resultado financeiro ficou positivo em R$ 425 milhões, ante R$ 30 milhões negativos um ano antes, influenciado principalmente pela exposição da companhia à variação cambial.

Acumulado do ano

A Eletrobras registrou no consolidado do exercício de 2020 um lucro líquido de R$ 6,387 bilhões,43% inferior aos R$ 11,133 bilhões obtidos no ano anterior. A companhia salienta que o lucro de 2019, é composto do resultado das operações continuadas de R$ 7,848 bilhões e de R$ 3,285 bilhões referente às operações descontinuadas (distribuição), com destaque para privatização da distribuidora Amazonas Energia. Com isso, pelo critério de operações continuadas, o lucro recuou 19%.

“Se considerarmos os resultados das operações continuadas, temos uma queda menor de R$ 1,461 bilhão, explicada principalmente por provisões e paradas de usinas não programadas, demonstrando a robustez da companhia, em termos de geração de caixa, mesmo em um ano marcado pela pandemia de Covid-19”, escreveram os administradores, no relatório de resultados. A estatal também destacou que o lucro do exercício de 2020 foi influenciado pela variação cambial decorrente da pandemia, que gerou, no ano, uma despesa financeira de R$ 544 milhões em 2020 em comparação à variação positiva de R$35 milhões em 2019.

Scroll Up