06 nov 2020

Equipes trabalham para restabelecer até 70% da carga no AP

Retorno às condições normais de segurança no estado deve levar até 30 dias

Fonte.: CANALENERGIA / SUELI MONTENEGRO

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta quinta-feira, 5 de novembro, que equipes técnicas estão trabalhando no reparo de um dos transformadores da subestação Macapá, e se o conserto for bem sucedido é possível religar até o fim do dia de 60% a 70% da carga de energia do Amapá. O restabelecimento das condições normais de segurança energética no estado pode levar, no entanto, até 30 dias.

“Tudo o que for possível tecnicamente está sendo estudado pelas equipes”, disse o ministro. Albuquerque viajou na quarta-feira (4) para Macapá (AP), onde acompanha as medidas de normalização do fornecimento de energia, ao lado do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico, Luiz Carlos Ciocchi, e da Agência Nacional de Energia Elétrica, André Pepitone.

Na noite de terça-feira (3), um incêndio no transformador 1 da subestação provocou a interrupção de cerca de 250 MW de carga. O acidente levou ao desligamento automático da linha de transmissão Laranjal/Macapá e das usinas hidrelétricas Coaracy Nunes e Ferreira Gomes, que abastecem a região.

O MME informou em nota que a recomposição parcial das cargas de Coaracy Nunes foi iniciada às 6h09 de hoje, sob coordenação do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Outras ações adicionais estão previstas, como o fornecimento de geradores a diesel para o estado, visando à segurança no fornecimento de energia e ao atendimento a locais específicos, principalmente onde for prioridade para o estado. Os equipamentos virão provavelmente do Amazonas.

O ministério instituiu ontem um gabinete de gestão de crise com participação do ONS, da Aneel, da Eletrobras e da LMTE, responsável pela instalação de transmissão. A situação no estado também foi discutida em reunião hoje na Casa Civil, com a participação de representantes do MME, dos ministérios da Defesa, da Economia e do Desenvolvimento Regional, além de outros órgãos. Foram discutidas no encontro medidas de caráter logístico que deverão ser implementadas para garantir o atendimento e servir como backup em caso de emergência

 

Scroll Up