14 set 2020

Enase 2020 quer ‘olhar para a frente’ e debater modernização já em curso

Evento acontece de forma virtual de 28 a 2 de outubro em plataforma própria

Fonte.: CanalEnergia / Pedro Aurélio

Foi divulgada a programação da edição 2020 do Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico. Este ano, o evento promovido pelo Grupo CanalEnergia/ Informa Markets acontece de modo virtual de 29 de setembro a 02 de outubro. Com o tema “Setor Elétrico Nacional: modernização em curso”, o evento vem com o objetivo de ‘olhar para a frente’ e quer discutir de forma positiva como o setor deverá lidar com o pós-pandemia, baseando a sua programação em fatos concretos e avanços de mercado que já estão em curso.

De acordo com o Publisher do Grupo CanalEnergia, Rodrigo Ferreira, o evento vem com a vantagem de falar de uma modernização do setor que já começou. “Vamos discutir como dar sequência naquilo que já está em curso: expansão e operação de uma nova matriz, modelos financeiros de expansão, segurança de mercado e, claro, o prossumidor de energia”, afirma. “A versão digital do evento não perdeu absolutamente nada em relação a conteúdo e esperamos uma audiência ainda maior”, frisa.

Para Luiz Renato Lemos, Head de Energia da Informa Markets, o Enase deste ano conseguiu se adaptar ao que pede o atual momento, ao adotar a plataforma CanalEnergia Xperience. “Com uma programação de enorme relevância para o momento atual do setor elétrico e sua realização acontecendo em uma plataforma de eventos própria, inovadora e disruptiva, os participantes terão uma experiência de acesso a conteúdo e relacionamento única e inédita”, avisa.

O encontro começa com uma entrevista com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, conduzida pelo Publisher  Rodrigo Ferreira. Em seguida, vem uma mesa redonda com Mario Menel, presidente do Fase; Marcelo Moraes, presidente da Dominium; Luiz Augusto Barroso, presidente da PSR e Sylvie D’Apote, sócia-diretora da Prysma E&T Consultores. Na parte da tarde, vai ser a vez da palestra sobre o PNE 2050, com o presidente da Empresa de Pesquisa Energética, Thiago Barral. O PNE vai ser debatido por Evandro Vasconcelos, vice-presidente de geração e comercialização da CTG Brasil; Matheus Nogueira, diretor de Inovação, Novos Negócios e M&A da Eneva,  Flavio Neiva, presidente da Abrage; Paulo Arbex, presidente da AbraPCH; Fernando Luiz Zancan, presidente da ABCM; Celso Cunha, presidente da Abdan; e Mario Miranda, presidente da Abrate. O moderador será Bernardo Bezerra, diretor da PSR.

O dia termina com o diretor de planejamento do Operador Nacional do Sistema Elétrico, Alexandre Zucarato, proferindo a palestra “Operando uma nova matriz: MRE, GD, REN, geração de base, armazenamento e preço”. Edson Silva, presidente da Energia Sustentável do Brasil; Ricardo Cyrino, presidente da Atiaia Energia; Carlos Augusto Brandão, presidente da Abaque; Newton Duarte, presidente da Cogen; Xisto Vieira Filho, presidente da Abraget; e Yuri Tisi, presidente da Abren, participam do debate. A moderação ficará a cargo de Erik Rego, diretor de Estudos de Energia da EPE.

No dia 30 de setembro, vai ser a vez do painel sobre Governança Setorial e a Agenda 20/21. Palestras com Rui Altieri, presidente do conselho de administração da CCEE; André Pepitone, diretor geral da Aneel; Thiago Barral, presidente da EPE e Luiz Carlos Ciocchi, diretor geral do ONS, vão ser seguidas por um talk show em que eles serão os convidados.

O painel sobre financiamento e comercialização em um novo mercado, com palestra do Secretário Nacional de Energia Elétrica do MME, Rodrigo Limp, encerra o dia. Fabio Zanfelice, presidente da Votorantim Energia; Marcos Meireles, presidente da Rio Energy; Luiz Fernando Leone Vianna, CEO da Delta Energia; Elbia Gannoum, presidente da Abeeólica; Guilherme Velho, presidente do conselho de administração da Apine; Mario Menel, presidente da Abiape; e Charles Lenzi, presidente da Abragel, debaterão.

O dia 1º de outubro começa com a palestra “Modernização em curso: desafios e oportunidades”, de Luiz Augusto Barroso. Depois será a vez do Fórum de CEOs. Miguel Setas, presidente da EDP Brasil; Andrew Stoffer, CEO da América Energia; e Mario Ruiz Tagle, presidente da Neoenergia, debaterão a apresentação de Barroso. De tarde, o painel “Segurança de mercado: produtos financeiros, derivativos e bolsas”, tem início com a palestra da conselheira da CCEE, Roseane Santos. Carlos Ratto, CEO da BBCE; José Ribeiro de Andrade, VP de Produtos e Clientes da B3; Reginaldo Medeiros, presidente da Abraceel; e Paulo Pedrosa, presidente da Abrace, serão os debatedores.

O último dia do Enase 2020 reserva uma mesa redonda sobre a privatização da Eletrobras. O presidente da estatal, Wilson Ferreira Junior, é o orador principal e a economista e sócia do Sergio Bermudes Advogados, Elena Landau; o deputado federal Fernando Coelho Filho (DEM-PE) e Maílson da Nóbrega, conselheiro da Comerc e ex-ministro da Fazenda, formarão a mesa.

O painel “Prosumidor’, a GD, a Distribuição e o Novo Mercado de Energia” encerra o Enase deste ano. Após palestra do diretor da Aneel Efrain Cruz, Marco Delgado, conselheiro da CCEE; Alexandre Viana, diretor da Thymos; Carlos Evangelista, presidente da ABGD;c Marcos Madureira, presidente da Abradee e Carlos Faria, presidente da Anace, fazem o debate.

Scroll Up