19 abr 2021

Tomada de subsídios discute base de dados da Tust e TUSDg

Processo trata dos dados a serem utilizados no cálculo das tarifas e das receitas do ciclo tarifário 2021-2022

Fonte.: CANALENERGIA /SUELI MONTENEGRO DE BRASÍLIA

A Agência Nacional de Energia Elétrica abriu Tomada de Subsídios com a base da dados que será utilizada no cálculo das Tarifas de Uso do Sistema de Transmissão (Tust) e das Tarifas de Uso do Sistema de Distribuição para Centrais Geradoras (TUSDg) do ciclo 2021-2022.  O recebimento de contribuições  (e-mail ts006_2021@aneel.gov.br ) para aprimoramento da base começou no último dia 14 de abril e será encerrado em 11 de maio.

A tomada de subsídios não tem como objetivo discutir os valores das tarifas e das receitas consideradas nos processos tarifários. Está disponível, porém, o arquivo utilizado no cálculo da Tust do ciclo 2020-2021, contendo as receitas preliminares projetadas para o horizonte do Plano Decenal de Expansão 2029, para fins de simulação.

Em janeiro desse ano, a Aneel emitiu ofícios orientando as transmissoras e as distribuidoras sobre o procedimento de atualização da base de dados para o ciclo 2021-2022. Em março, a agência recebeu do Operador Nacional do Sistema Elétrico a versão preliminar da base de dados de cálculo da Tust e TUSDg, com base no Plano de Ampliações e Reforços e nos dados encaminhados por distribuidoras e transmissoras.

No início de abril, a Empresa de Pesquisa Energética encaminhou à Aneel a base de dados de cálculo da Tust preliminar, associada ao PDE 2030.

Scroll Up